Qual o impacto que a energia fotovoltaica causa na economia do país?

Tempo de seca. Esse é o primeiro motivo para que as contas de energia alcem voos gigantescos. E que sofre é seu bolso. Isso se você não tiver um sistema de produção de energia fotovoltaica. Porque se tiver, essas alterações realmente não farão diferença na sua vida. Mas vamos lá, se todo mundo começar a usar placas solares, o que será que isso vai causar?

Se os valores da conta de energia aumentam, não é de se admirar que cada vez mais pessoas busquem por alternativas. As crises hídricas geram maior interesse e necessidade de se fazer uso de novas fontes de energia. E, claro, a substituição do sistema tradicional pela energia fotovoltaica é uma delas!

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o mercado brasileiro de energia fotovoltaica está em ascensão. A previsão é de que haja um aumento de 44% na capacidade instalada só em 2019. Número que ultrapassa a marca de 3,3 gigawatts (GW) e atrai mais de R$52 bilhões em investimentos privados.

Isso quer dizer que o faturamento do mercado como um todo deve ter um aumento de 88,3% em comparação a 2018.

ECONOMIA COM ENERGIA FOTOVOLTAICA

energia fotovoltaica

Os benefícios diretos, como a facilidade de recuperação do investimento, por meio da economia na conta de energia; a proteção contra aumentos de tarifa; a valorização do imóvel; e o compromisso com o meio ambiente são alguns dos principais pontos observados por quem investe em energia fotovoltaica.

A alteração da matriz energética tem se tornado um bom investimento e uma alternativa cada vez mais atraente e acessível para os brasileiros. Especialmente se levarmos em consideração que o Brasil possui um grande potencial para explorar essa rica fonte de energia.

Por ser um país tropical, o Brasil possui altos pontos de incidência solar. Além de espaço. Dois pontos cruciais para a instalação, bom desempenho e utilização desta tecnologia. Em outros países, com bem menos potencial, a produção de energia solar representa uma fatia significativa na geração de energia.

Já no Brasil, a utilização desta fonte equivale a, apenas, 1% do total gerado.

INCENTIVOS PARA A PRODUÇÃO DE ENERGIA FOTOVOLTAICA

energia fotovoltaica

O governo tem incentivado bastante a impulsionar o crescimento do mercado fotovoltaico no Brasil. Hoje existem diversos estímulos oferecidos pelo governo para CPFs e CNPJs produzirem energia limpa. Programas do Ministério de Minas e Energia e da Caixa Econômica Federal, por exemplo, oferecem linhas de crédito e parcelamento para instalação de energia solar em até 20 anos.

O ano de 2012, de acordo com a primeira resolução normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), no que se refere à captação de energia solar no Brasil, foi considerado um marco histórico, permitindo que consumidores gerassem e consumisse sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis. Neste ano, o órgão tem realizado audiências públicas para regulamentar a microgeração e minigeração de energia fotovoltaica.

ENERGIA FOTOVOLTAICA – A ALTERNATIVA ESPERADA

energia fotovoltaica

A energia fotovoltaica é considerada uma excelente alternativa, principalmente por se tratar de uma fonte renovável. Quando comparada à hidrelétrica, por exemplo, optar pela produção de energia solar se torna especialmente atrativa para estados que sofrem estiagem, como São Paulo.

É muito importante, também, enfatizar o peso para a sustentabilidade. A energia gerada em usinas hidrelétricas causa impactos ambientais. Consequentemente, trazem grandes prejuízos para as represas. Não à toa, existe o reforço para que se crie uma cultura de conscientização da importância do uso dessa tecnologia.



Contato

Envie sua mensagem para nós.

Informações

GOIÂNIA - GO - BRASIL

Av. 136 n° 761 11° Andar
Setor Sul, CEP 74.093-250
Goiânia – GO

TEL.: +55 62 3932 3239
BRASÍLIA - DF - BRASIL

SBS Qd. 2 n° 12 8° Andar
Ed. Prime, CEP 70.070-120
Brasília – DF

TEL.: +55 61 3011 4040

Goiânia

Brasília