Energia Solar é produzir energia com responsabilidade e respeito ao meio ambiente

Uma das principais discussões das últimas décadas, sem sombra de dúvidas, é sobre como proteger o planeta. De forma inconsciente, até certo momento, a autodestruição acontecia de maneira avassaladora. A produção de energia solar, apesar de mais antiga do que se imagina, vem para colaborar com a diminuição do desgaste do meio ambiente.

Felizmente, há um tempo essas pautas vêm entrando em vigor com maior acirramento. Trazendo à tona, para as pessoas em geral, a responsabilidade de colaborarem com a recuperação de, pelo menos, uma parte daquilo que já foi desgastado e manter sob olhos vigilantes aquela pequena porção natural que ainda resta.

A energia solar vem de fotovoltaico que, literalmente, significa: volt de luz. Phos significa “luz” e Volt [unidade de medida de potencial elétrico] vem do sobrenome italiano Volta, em homenagem ao físico pioneiro da eletricidade.

A HISTÓRIA DA ENERGIA SOLAR

energia solar

Ela é bem antiga, talvez até mais do que você imagina. Seus primórdios começaram lá em 1839, com o físico francês Alexandre Edmond Becquerel. Ainda muito jovem, Becquerel estava conduzindo algumas experiências eletroquímicas quando, por acaso, verificou que a exposição à luz de eletrodos de platina ou prata dava origem ao efeito fotovoltaico.

Desde então, a energia solar foi considerada uma tecnologia futurista, disponível apenas para cientistas e seus estudos. Especialmente porque, no começo, os custos eram bem altos. Durante muito (muito!) tempo acreditava-se que a energia solar não seria amplamente utilizada. Situação que, claramente, vemos ter mudado.

Depois da descoberta de Becquerel, aconteceram diversos avanços no campo fotovoltaico. Inclusive, um deles fez com que Albert Einstein ganhasse seu primeiro Prêmio Nobel, em 1923. Não apenas, também foram responsáveis pela concretização da energia solar como uma real maneira de produzir energia limpa.

Pelos idos da era moderna da energia solar, que começou em 1954, com Calvin Fuller – um químico do Bell Laboratories (EUA). Fuller desenvolveu o processo de dopagem do silício. Ao compartilhar sua experiência com o físico Gerald Pearson, foram capazes de aprimorar seu experimento.

A primeira célula solar foi apresentada em uma reunião anual da National Academy of Science, em Washington (EUA). E anunciada em uma coletiva de imprensa no dia 25 de abril de 1954. De lá pra cá, os avanços em tecnologias e melhoramento das placas vêm evoluindo cada vez mais.

ENERGIA SOLAR: LIMPA E INESGOTÁVEL

energia solar  

Provavelmente uma informação que você ainda não sabia é que combustíveis fósseis são usados na produção dos painéis solares. Segundo o National Renewable Energy LAboratory (NREL) dos EUA, atualmente, os as placas de produção de energia solar levam cerca de quatro anos para produzirem tanto quanto ou mais do que o que foi gasto em sua produção.

Considerando que um sistema de energia fotovoltaica dura, em média, 25 anos, quem investe em energia solar demora pouco para ter o retorno. Além de passar algumas décadas pagando as taxas mínimas da concessionária de energia local e ajudando o meio ambiente.

Além da produção de energia solar ser limpa, já que não causa qualquer tipo de resíduos, também se trata de um sistema com matéria-prima inesgotável. Isso porque o Sol é a única matéria-prima utilizada pelas placas para geração de energia solar. E, bem, de acordo com estudos astrofísicos, o Sol irá deixar de existir um dia. Mas a previsão é de que isso aconteça daqui alguns bilhões de anos, ainda.

 – Os painéis são recicláveis

Uma parte bem legal dos painéis solares é que, além da sua vida útil de 25 anos produzindo energia solar, eles possuem mais de 90% de seus materiais recicláveis. Sendo que até já existem centros de reciclagem especializados.

– Energia solar em terras improváveis

As placas solares podem ser instaladas em diversos lugares, incluindo telhados ou serem fixadas no solo. Assim, aquelas áreas que são consideradas impróprias para agricultura e pecuária, por exemplo, podem se tornar usinas de geração de energia solar.

Regiões como o sertão nordestino possuem alto potencial energético, já que recebe grandes quantidades de irradiação solar ao longo de todo o ano. Além disso, evitam que terras produtivas sejam mal aproveitadas.

– É uma energia de baixo custo

A energia solar é sustentável, mas, também, se destaca por ser a mais barata para o consumidor, do que a energia oferecida pelas concessionárias. Em média, o valor é recuperado entre quatro e seis anos. Especialmente com a redução na conta de energia, que pode chegar a 95% do valor total.

A Strom Brasil é uma empresa de engenharia dedicada ao desenvolvimento de projetos, comercialização, instalação e manutenção de sistemas de eficiência energética e energias renováveis.



Contato

Envie sua mensagem para nós.

Informações

GOIÂNIA - GO - BRASIL

Av. 136 n° 761 11° Andar
Setor Sul, CEP 74.093-250
Goiânia – GO

TEL.: +55 62 3932 3239
BRASÍLIA - DF - BRASIL

SBS Qd. 2 n° 12 8° Andar
Ed. Prime, CEP 70.070-120
Brasília – DF

TEL.: +55 61 3011 4040

Goiânia

Brasília